Image Map

29 janeiro 2015

Resenha e Comentários: Convergente - Por Veronica Roth


Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
Número de páginas: 519
Avaliação: 4/5 estrelas

Sem dúvidas essa é a resenha mais difícil que escrevi até hoje, eu já tentei começar essa resenha mil vezes e não sai nada, eu ainda não superei todos os acontecimentos desse livro e só de pensar nele já me dá vontade de chorar tudo que chorei lendo de novo. Ah, e já se preparem para uma resenha intensa e enorme haha. 

Então depois do vídeo que foi mostrado pra todos nos momentos finais de Insurgente, o vídeo de Edith Prior que falava sobre o mundo fora da cerca e afins, Tris passou a querer conhecer mais ainda esse mundo mas depois do fim do autoritarismo de Jeanine, se inicia um autoritarismo similar mas agora é o de Evelyn, que leva todos a obedecerem pelas ameaças que faz. Os ideias de Evelyn também são outros, sendo a líder dos sem facção ela cria novas regras, agora de um mundo novo onde não pode haver resquícios das facções, sejam no modo de vestir, de agir ou pensar. 

"- É o que você merece ouvir - falo com firmeza, a visão embaçada pelas lágrimas.- Que você é inteiro, que vale a pena amá-lo e que você é a melhor pessoa que já conheci." Página 410

Um grupo que ainda acha que as facções devem permanecer se unem em uma rebelião, Os Leais, eles organizam um grupo para ir para fora da cidade, além da cerca e eles vão, incluídos nesse grupo estão Tris e Tobias, além de alguns colegas do casal então ao chegarem lá eles se deparam com um mundo totalmente novo e diferente, onde eles ouvem explicações sobre o que realmente são os Divergentes e muitas coisas mais, porém não é tão simples assim e com o tempo eles irão travar outra luta, agora com novos inimigos e daí que sairá a solução de todo o problema e também as maiores dores do leitor. 

Esse sem dúvida foi o livro mais inteligente da série, a Veronica traz uma explicação incrível, um raciocínio impressionante para o leitor, eu fiquei fascinada em vários momentos imaginando como ela conseguiu criar todo esse mundo e essa história. Esse foi um livro muito doloroso, por perdas, por momentos difíceis. Nesse livro o Tobias está muito abalado emocionalmente enquanto Tris já está mais firme, consegue lidar melhor com os problemas. E a história é narrada pelos dois personagens, alternando os capítulos então dá para ter uma visão mais ampla de tudo que acontece. 

Ah, então porque eu tirei uma estrela? Bom, eu não sei se como eu vocês ouviram spoilers do livro mas eu sofri muito com o final do livro, eu achava que seria uma coisa mais leve para mim mas não gente, eu nunca fiquei tão triste e nunca chorei tanto lendo um livro, só de pensar nele eu ainda sinto vontade de chorar porque eu ainda não consegui aceitar. É totalmente compreensível o que leva a autora até esse desfecho mas isso não entra na minha cabeça, para mim poderia ser tudo resolvido de outra forma e foi só por isso, não porque seja ruim, de forma nenhuma, o livro é absolutamente incrível mas o meu emocional ficou muito abalado e eu não consegui aceitar, então foi esse o motivo. 

SÓ LEIA A PARTIR DAQUI SE TIVER LIDO O LIVRO, PORQUE TEM SPOILER!


Gente, eu nunca fiz isso em resenha nenhuma mas realmente preciso desabafar aqui todos os meus sentimentos por esse livro. Socorro para esse livro, o que aconteceu foi que eu com minha mania de ler últimos parágrafos de livros fui atrás e não achava o nome da Tris em nenhum lugar, e continuei procurando até que encontrei o que não queria, encontrei a parte em que o Tobias fala da morte dela e gente, fiquei chocada. Bom, isso passou e eu já tava até começando a entender o motivo da autora e tudo mais, mas gente quando eu realmente li a parte do acontecido eu fiquei triste, parei de ler, fechei o livro e me preparei para o resto, as lágrimas começaram a descer mesmo quando o Tobias ficou sabendo e quando ele começou a relatar sobre ela...

"Os olhos dela eram tão firmes, tão insistentes.
Lindos" Página 484

"Imagino que uma chama que queime com tanta intensidade não seja feita para durar." Página 485

Eu me envolvi tanto na história, eu acho que a autora conseguiu fazer com que o leitor se sentisse parte de todo aquele mundo, ela fez isso tão bem que eu sinto que a morte da Tris foi uma perda para mim também, gente, é impressionante, é como se o Tobias fosse real e eu imaginasse ele por aí sem ela kkk que louco, né? Mas foi isso que esse livro fez comigo, eu ainda tô sem reação, até sonhar com o livro eu sonhei pensa, só de lembrar do final já me dá vontade de chorar horrores de novo.

Eu até entendo o motivo da autora e entendo que esse seja o triunfo para Tris, depois de tudo o que ela pensava quando os pais morreram, então ok, até dá para entender mas eu não consigo aceitar assim tão fácil, não entra na minha mente que esse seria o único final possível, eu ainda tô esperando me dizerem que ela não morreu e que vai ter o tão esperado final feliz com o Tobias, gente, eu fiquei arrasada e ainda estou, é até difícil escrever sobre esse livro sem chorar, o melhor e mais doloroso da vida

E vocês que já leram, o que acham? Também doeu em vocês ou só em mim mesmo? Haha me conta aqui! 

Espero que tenham gostado, super beijo! 

2 comentários:

  1. Minha amiga me deu um spolier do final desse livro, estava louca para ver e agora estou com medo porque né gente, depois de tudo o que ela passou, sofreu, lutou acontecer isso é bem tenso!
    http://www.hurricanestars.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, mas entrando na história dá para entender porque a autora fez isso, infelizmente isso não muda a tristeza né? Mas vale muito a pena ler!!
      Beijos

      Excluir