Image Map

25 março 2015

Resenha: Desejo à meia- noite - Por Lysa Kleypas


Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 257
Avaliação: 5/5 

Eu amo romances de época e essa é sem dúvida a categoria que eu já quero comprar só de ver, com esse não foi diferente, eu não li nada sobre esse livro mas quis comprar por ser um romance de época e amei, me impressionou muito. Eu nunca tinha lido nada dessa autora, mas agora quero continuar essa trilogia, muito boa! 

O livro vai contar a história de Amelia Hathaway que depois da morte de seus pais toma conta de toda a sua família, inclusive do seu irmão mais velho que é o herdeiro. Eles não são uma família aristocrata, não tem muita riqueza nem nada e são uma família totalmente complicada, Amelia inclusive não pensa nem em se casar, depois de ter sofrido uma decepção amorosa ela só pensa nos irmãos e no bem de todos eles. Em um dia quando Leo está perdido ela sai em sua busca dele e nessa busca ela conhece Cam Rohan, meio cigano meio irlandês que se tornou muito rico mas que não deseja essa vida.

Depois desse encontro os dois ficam mexidos com o encontro, mas sabem que não irão mais se encontrar e isso os alivia de certa forma. Porém, com todas as dificuldades da família os Hathaways se mudam para Hampshire e por lá encontraram outros vários problemas, com o dinheiro, com a forma que Leo, o irmão mais velho, anda levando a sua vida e por fim, o que mais a assusta com a mudança é o reencontro com o sedutor, Cam Rohan. 

"Nunca tenha medo de ter esperanças - disse Rohan com delicadeza. - É a única forma de começar." Página 229 

Amelia está enfrentando muitas dificuldades com a mudança e Rohan sempre está lá para salvá-la, para ajudá-la e vai se dispor a estar ao lado dela nessas dificuldades, praticamente competindo com Sr. Frost, o admirador de Amelia que a abandonou. Então, a história discorre nisso e nesse romance meio que impedido pela sociedade, já que os rons, os ciganos como Rohan são vistos pela sociedade como pessoas de baixo nível e isso comprometeria Amelia. 

Sendo assim, esse romance deles é o assunto principal do livro e é muito divertido ver esses dois personagens, Amelia toda orgulhosa e receosa de receber qualquer ajuda seja de quem vier, já que ela se vê independente, e Rohan todo misterioso carregando esse seu lado irlândes e esse lado cigano que o vem chamando nos últimos tempos. Eles são ótimos e prendem muito o leitor, eu me apaixonei pela história deles e pela forma como a autora levou. 

Eu amei a história, a escrita da autora, também achei que ela deu uma ênfase mais singular em uma outra história que protagonizará o próximo livro e me deixou muito curiosa pela continuação, é uma escrita muito leve, divertida, que envolve o leitor, óbvio que esses personagens ótimos ajudam. A narrativa é em terceira pessoa, então nos dá a chance de ver vários pontos e vertentes da história, e isso dá uma visão mais ampla pra o leitor e para mim, é ótimo! 

Então foi isso gente, alguém aí já leu? Um super beijo!
Só para garantir 0

Nenhum comentário:

Postar um comentário