Image Map

20 maio 2016

Resenha: A Sereia - Kiera Cass


Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte 
Número de páginas: 323
Avaliação: 4/5

Bom, A Sereia foi escrito pela mesma autora de A Seleção e isso foi suficiente para me fazer querer ler, depois de ver essa capa super linda e a sinopse da história quis mais ainda, foi uma surpresa muito boa e se tornou um queridinho. Nesse livro vamos conhecer a história de Kahlen, que se tornou uma sereia depois de ser salva pela Água de um naufrágio, ela precisa ficar um século com Água afim de usar sua voz para atrair pessoas para o mar e matar. Kahlen já está nessa jornada há um tempo no início da história, é uma sereia dedicada, muito amada e que ama muito Água, que se tornou como sua mãe. Agora, ela não se lembra muito mais de sua antiga vida, decide cumprir com obediência todas as ordens de Água, mas independente do tempo nunca lidou muito bem com o seu papel e com todas as mortes. 

Kahlen tem irmãs sereias, elas vivem se mudando para se tornarem de alguma forma invisíveis, mas sempre próxima da Água, elas acabam por ter relações breves com humanos, mas nunca podem usar a voz, já que isso seria fatal. Kahlen é bem diferente das irmãs, vive bem em casa, não é muito de aproveitar essa vida e sofre muito com cada morte e carrega um fardo bem pesado com isso. Em uma universidade ela aparenta ser uma humana normal, frequenta a biblioteca e é lá que conhece Akinli, que chama atenção da garota e também se interessa por ela, fofo, lindo, super educado e gentil conquista Kahlen de primeira. Mesmo com toda a beleza que ela possui, não é esse o fato que o faz se apaixonar por ela, eles mantem um contato bem estreito já que ela não pode falar, mas criam sinais e uma conexão incrível.


O problema é que isso trará muitos problemas para sua condição de sereia, já que ela nunca envelhecerá, nunca se machuca, tem de atender as ordens de água sempre e isso começa a mexer mais ainda com Kahlen, no meio de idas e vindas e de muitas confusões em seus pensamentos e atitudes, ela vai descobrir que um amor pode levá-la bem mais longe do que ela mesma pode imaginar. 

É uma história incrível, Kiera só arrasa em todos os seus livros e com esse não foi diferente. Amei os personagens, toda a ligação entre eles, os dois são incrivelmente instigantes e queridos, lendo o livro eu criei várias opiniões sobre a Água em diferentes contextos, algumas vezes me irritava, em outras eu conseguia entender todo o quê da sua personagem. O livro realmente prende o leitor, mas confesso que o final não me pareceu realmente um final, eu queria ver mais dessa história. Não dei 5 estrelinhas porque Kahlen é uma personagem maravilhosa, mas todos os seus conflitos internos, apesar de totalmente aceitáveis e compreendidos pelo leitor em alguns momentos gerou um desânimo em mim para continuar a leitura e porque senti falta de alguns pontos quanto tudo acabou. 

Mas de qualquer maneira, se tornou um queridinho e Kiera sempre escrevendo histórias que eu me apaixono, já quero mais desses personagens. Me contem se vocês já leram, espero que tenham gostado!

Só para garantir 0

Nenhum comentário:

Postar um comentário