Image Map

20 janeiro 2017

Jesus quebrou meu escudo.


O medo foi meu escudo por anos. Me protegia do novo. Me protegia de mudanças. Me protegia de atitudes, até das que eu mais precisava tomar. Ele me mantinha no mesmo lugar onde eu tinha começado, sem dar nenhum passo, sem avançar, mas também sem sofrer, era uma condição. O escudo tá quebrando, sinto que tem uma rachadura que tem feito passar por ele raios que tem a intenção de me questionar. Não to preparada para esses raios e luzes que ultrapassam meu escudo, não me preparei para receber nada disso e agora tô perdendo a guerra para mim mesma sem saber qual o meu lugar nisso tudo. 

Não sofrer não faz parte do que é possível escolher, esse caminho eu preciso trilhar para ter mais coragem, para escolher o que por muitas vezes pode doer, eu preciso suportar para poder alcançar lugares onde Jesus quer que eu esteja, eu preciso ser forte para suportar minha própria dor sobre as costas sem parar de caminhar, preciso suportar o sofrer, preciso suportar as dores porque Ele já suportou por mim. Jesus não fugiu da cruz e eu não posso fugir das minhas, não posso fugir do que acompanha elas. 

Meu escudo não foi feito para me proteger de gigantes, na verdade ele mesmo se virou contra mim muito maior do que eu poderia imaginar. Não posso dizer que Jesus não tem me visto e visto minha luta contra gigantes, mas Ele mesmo já me ensinou o caminho, Ele mesmo já me disse que preciso de coragem, o que inclusive tenho muito pouco, Ele já me ensinou que eu preciso ser mais de mim nos meus dias, ou vou acabar me perdendo pelo caminho e vai ser difícil encontrar e encaixar todas as metades depois. 

O medo não me deixa ser eu, ele não me deixa dizer o que preciso, ele não me deixa caminhar como deveria, ele não me deixa ir além do cômodo. Jesus já me disse que o cômodo não é suficiente, e se é assim, a partir de hoje não é mais suficiente para mim. Parece loucura, mas nessa guerra acabo de quebrar o meu escudo. 
Só para garantir 0

Nenhum comentário:

Postar um comentário