Image Map

28 março 2017

Sou o seu jardim, Jesus.


             Quero conseguir me ver com seus olhos. Olhos de misericórdia. Olhos de amor. Olhos de orgulho. Olhos de paz. Jesus, quantas vezes tenho atitudes que contradizem minha fé em ti, quantas vezes falo o que não traz paz, quantas vezes perco a chance de dizer algo seu, quantas vezes Pai, quantas vezes... Em todas essas vezes eu precisei de tanta graça, me perguntei tanto porque de não conseguir ser exatamente como você seria, porque não consegui agir exatamente como você agiria e quantas vezes cheguei a conclusão que realmente não consiguiria cumprir meu propósito.
          
          Em todas essas vezes você me encontrou, como encontra agora, e me ensina que o cumprimento do propósito não depende da minha perfeição, mas de um coração sedento de te apresentar pra o mundo. Sempre digo que ninguém é perfeito, mas é difícil errar mais uma vez com você, eu só queria acertar mais por você. Você me ensina que eu acerto mais do que imagino, me lembra que mesmo quando eu não vejo os frutos, eles estão crescendo, estão se fortificando para dar outros frutos. Todas as vezes que eu insisti em me culpar, você derramou mais da sua graça e me mostrou que um pedacinho Seu mora em mim, você não me mandou para cá sem nada Seu para oferecer e ainda que maior parte de mim seja fraca, o que existe em mim é algo plantado por você.

           Você pensou em cada detalhe meu e mesmo sabendo que o pecado seja parte da minha natureza, você plantou luz, plantou amor, plantou esperança, paz e me deixou escolher se deixaria que você regasse esse jardim. E cada vez que você vem e rega, cada vez que você limpa esse jardim, algo em mim muda, se transforma, algo nas minhas palavras mudam, algo nas minhas atitudes mudam. Você me molda um pouquinho mais todos os dias, me ensina, me renova para que eu possa resplandecer você, não para que os outros vejam perfeição em mim, mas para que Eles vejam mais de você e menos de mim.


Quero ser o seu jardim sempre. Eu te amo, Pai. 
Só para garantir 0

Nenhum comentário:

Postar um comentário